quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Não venha me dizer como devo me sentir, não venha me dizer o que eu devo fazer. Sei como me sinto, sei o que eu vou fazer, não preciso de você para isso. Sentimento? Triste. Ação? Nada. Não vou fazer definitivamente nada quanto a isso. Tentar ser feliz? Não, a vida vai me trazer a felicidade que mereço. Não, eu não vou correr atrás, não mais. Sim, eu cansei, pra que dizer isso ou aquilo, você vai escutar? Não, você não vai, sei que não. No que vai mudar? Em nada. Negatividade? Que isso, fui mais positiva do que nunca, ainda sou, só não vou criar esperanças. Não, eu não vou dizer como me sinto, isso já não é o bastante para você? Pretende fazer mais alguma coisa? Não basta o que está me fazendo passar? Me fazer chorar todas as noites não está de bom tamanho? Tem certeza que deseja continuar? Ok, deixe eu me matar antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário